Você sabe o que é LOD? e suas principais características e vantagens p

Você sabe o que é LOD? e suas principais características e vantagens para o BIM?

 

O National BIM Standard-United States® (NBIMS-US™) define a Modelagem da Informação da Construção como uma fonte de conhecimentos compartilhados para a geração de informações sobre um empreendimento, e também destaca a colaboração dos participantes como um dos principais motores da prática.

 

Reconhecendo que trabalhar em conjunto pode ser um aspecto complicado em um projeto, dada a variedade de especializações envolvidas, o NBIMS-US™ constatou que nos Estados Unidos “as construções custam mais do que deviam e demoram muito para serem entregues”.

 

Por isso é importante promover um trabalho de colaboração de informações melhor entre os vários participantes envolvidos no processos de construção – um estudo mostrou que a falta de interoperabilidade nas obras chega a gerar às construtoras um custo adicional de 15,8 bilhões de dólares a cada ano!

 

Essa interoperabilidade é considerada uma das principais características (e vantagens) do BIM, além do intercâmbio de informações. Ou seja, todos os profissionais envolvidos na execução do empreendimento podem exercer suas funções de forma integrada e alinhada ao objetivo do projeto.

 

Arquitetos, engenheiros, construtores, fornecedores e demais partes interessadas podem extrair informações de acordo com suas necessidades para tomarem decisões mais assertivas. Sem contar que toda e qualquer alteração que os profissionais fizerem no modelo será processada em tempo real e atualizada.

 

Essa automação dos processos ajuda bastante na economia de tempo e na redução dos custos. Confira outros benefícios que o BIM pode levar à sua construtora:

  • Cumprimento das datas estipuladas no cronograma de obra;

  • Oportunidade de testar soluções previamente;

  • O projeto pode ser compreendido, revisado e visualizado mais facilmente, o que ajuda a garantir mais precisão e avaliar alternativas para otimizar recursos e processos;

  • Comunicação mais eficiente entre os participantes do projeto e fluência no compartilhamento de informações da construção. 

3D ou BIM?

 

O 3D foi a evolução natural do desenho de projeto, mas qual a diferença entre o 3D e o BIM? Um objeto modelado em 3D ou “objeto volumétrico” muitas vezes era apenas uma representação do modelo real, uma ferramenta de visualização.

 

Com a aplicação da tecnologia BIM, esse modelo 3D passa a ter diversos “objetos paramétricos” com a adição das informações que o BIM proporciona. Ou seja, cada objeto modelado passa a aceitar parâmetros e informações que agregam ao trabalho de outros profissionais que não sejam apenas os projetistas.

 

É possível, por exemplo, adicionar informações de marca do material a ser utilizado, custos e outras especificações dentro do arquivo onde o projeto está sendo modelado. Desta forma, vários profissionais (engenheiros, arquitetos, orçamentistas, compradores, etc) podem acessar e editar várias informações ao mesmo tempo, economizando tempo e evitando erros de comunicação que se traduzem em desperdício e atraso nas obras.

 

Costuma-se dizer no segmento de construção civil que quanto mais próximo da realidade o planejamento da obra estiver, maiores são as chances de sucesso do empreendimento no futuro. As tecnologias que utilizam BIM estão sintonizadas com essa realidade e criaram recursos para que a visualização prévia das edificações fique ainda mais apurada, permitindo planejamentos ainda mais precisos.

 

Acompanhe nosso blog e conheça melhor no próximo post o BIM Manager , profissional que surgiu para ajudar sua construtora e obras a tirarem o máximo proveito da prática desse conceito.

 

E o que é LOD?

 

Uma das grandes diferenças entre a plataforma CAD e a plataforma BIM é justamente a possibilidade de detalhamento dos objetos ao pormenor. Porém, este nível de detalhamento torna o modelo pesado e de grande complexidade para ser manipulado.

 

Assim, o projetista precisa estabelecer um limite de detalhamento que consiga atender suas demandas de controle e execução, e que esteja dentro do limite financeiro que aquele projeto obteve quando da definição dos custos de projeto.

 

Como no Brasil o BIM ganha a cada dia maior importância dentro do mercado, vamos aprofundar um pouco esse assunto através deste post. Primeiramente, o LOD – Level of Detailment é uma variável que quantifica o nível de detalhamento que os elementos do projeto terão.

 

Assim, é uma variável que precisa ser definida já no início do projeto, junto com o cliente, entendendo quais são as demandas e como que o detalhamento deverá ser conduzido para a execução da obra.

 

O Nível de desenvolvimento (LOD)

 

O Nível de desenvolvimento (LOD) é um conceito com diferentes definições e implementações. O conceito básico é que o nível de desenvolvimento definirá o conteúdo e a confiabilidade dos elementos BIM em diferentes estágios.

 

Entende-se “conteúdo” como as informações geométricas, dados estruturados e a documentação vinculada ao processo de desenvolvimento do projeto. O quesito confiabilidade diz respeito a como que os usuários, em todas as fases do processo, podem confiar na precisão das informações.

 

As “classes” de LOD, se usadas corretamente, auxiliam no entendimento e no uso das informações junto ao modelo gerado. As especificações de LOD podem ser utilizadas de várias maneiras, seja como anexos aos contratos de prestação de serviços, até mesmo nos planos de execução, colaborando para o gerenciamento das informações de projeto.

 

Especificações LOD

Como premissa básica, as especificações LOD reconhecem as diferentes fases do ciclo de vida BIM e especificam necessidades em todas as etapas.

 

Ele responde a perguntas como:

  • Quais são os requisitos para conteúdo geométrico e dados do modelo para cada disciplina em cada “nível”?

  • O que é necessário para a intenção de design?

  • O que é necessário para a colaboração da construção e o que é necessário para o gerenciamento de instalações?

  • Que informações podem ser transmitidas entre fases e quais informações precisam ser substituídas?

  • Quais links para dados históricos precisam ser mantidos?

O padrão nacional BIM dos EUA

 

Provavelmente, a maneira mais comum em que a indústria tem usado o termo Nível de Desenvolvimento é definindo como “LOD números”, como LOD 100, LOD 200 ou LOD 300. Este sistema foi originalmente desenvolvido pelo Vico Software como uma forma de definir a confiabilidade e adequação dos elementos do modelo para uso no cálculo automático de custos por modelo.

A Vico

 

Originalmente, a Vico nomeou o sistema “Nível de Detalhe” e deu o acrônimo LOD.

 

O sistema foi concebido de maneira genérica e foi padronizado pelo Amerian Institute of Architects (AIA) como Nível de Desenvolvimento, atribuindo assim a importância de que não são apenas questões geométricas, mas sim de todas as características que envolvem um elemento BIM.

 

BIM Fórum

 

O BIM Fórum (atualmente BuildingSmart) tomou a padronização do AIA como base e desenvolveu uma classificação ainda mais profunda, e que foi incorporada à padronização BIM americana. Desta maneira, é importante, já nos contratos, se definir qual o tipo de detalhamento que será tomado na definição do modelo.

 

A base conceitual para o sistema LOD XXX é que os “números” descrevem diferentes “níveis de desenvolvimento” assumindo que os elementos do modelo passam por esses níveis e, portanto, aumentam os números à medida que a geometria e o conteúdo se tornam mais específicos e finais.

 

Os principais níveis são descritos na tabela a seguir:

 

As diferentes características entre os LOD´s podem ser compreendidas através do exemplo abaixo.

 

Nele é possível verificar que o LOD200 onde aparece apenas a atribuição geométrica, até o LOD400 onde é possível enxergar posicionamento das armaduras e cálculo preciso do volume de concreto para a execução do elemento.

O NBIMS especifica que não há classificação LOD para todo o modelo. Assume que, em qualquer fase, o modelo conterá elementos e sistemas em diferentes níveis de desenvolvimento. Assim, o usuário definirá qual o nível de detalhamento que precisará chegar frente às suas exigências construtivas.

 

A especificação de LOD´s do BIM Fórum também não prescrevem quais níveis de desenvolvimento devem ser alcançados, deixando a especificação da progressão do modelo para o usuário.

 

Para gerenciar este processo, a especificação BIM Fórum inclui uma planilha de monitoramento dos modelos:

 

Considerações Finais.

 

Os LOD´s devem estar alinhados ao processo de projeto e de produção das edificações, que localmente vão sofrer interferências com relação a fornecedores e a mão de obra utilizada.

 

Em um cenário de produção artesanal, é bastante possível que o edifício final não seja 100% fiel ao modelo BIM desenvolvido, assim, é importante haver esta interação entre os profissionais de projeto e de execução.

 

Qual é o objetivo da sua modelagem BIM?

 

Também é muito importante se verificar qual é o objetivo da modelagem BIM para o projeto que está sendo realizado.

 

O nível de detalhamento deve estar ligado diretamente ao tipo de projeto que se pretende gerar.

 

Um gasto excessivo de tempo com detalhamentos que não ajudarão na execução da obra custa muito para o profissional que está desenvolvendo os projetos e não refletir, necessariamente, em uma melhoria da edificação final.

 

Porém, para projetos onde a pré-fabricação já são uma realidade, como grandes obras industriais, shoppings centers, etc, o uso de LOD adequado pode permitir o desenvolvimento de projetos onde a produção está ligada e atrelada ao modelo, permitindo um acompanhamento em tempo real da produção, verificação de possíveis interferências e a gestão de todo o processo produtivo, tornando o processo interativo e rico quanto a qualidade final.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Av. Paulista, 1.765  -  7º andar  -  cj 72  -  Bela Vista  | Tel: 11 3075-2798 | 

© 2017 Integratte Engenharia

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social